I ENCONTRO DE AUTORES
DE LIVROS SOBRE AVIAÇÃO

Fomento à Cultura Aeroespacial

I Encontro de Autores de Livro sobre Aviação

São José dos Campos (SP), 30 de agosto de 2012 — A APVE, Associação dos Pioneiros e Veteranos da Embraer, realizará amanhã, 31 de agosto de 2012, o I Encontro de Autores de Livros sobre Aviação. O evento acontecerá às 19 horas, na sede da APVE à Alameda Cândido Marciano Leite, 88, Vila Betânia.

Participarão do encontro os seguintes autores: Ten. Brig. do Ar Nelson de Souza Taveira, Cel. Av. Ozires Silva, Cel. Av. Aparecido Camazano Alamino, Ten. Cel. Av. Luiz Fernando Cabral, Roberto Pereira de Andrade, Paulo Fernando Kasseb, Ricardo Beccari, Mauro Lins de Barros, Clarindo dos Santos, Luiz Carlos F. Souza, Cláudio Lucchesi, Eng. Francisco Leme Galvão e Eng. Luiz Carlos Miguez Urbano.

Os autores terão seus livros à venda e estarão disponíveis para autografá-los. Na ocasião, serão homenageados o jornalista e escritor Roberto Pereira de Andrade, pela importância de sua obra, e o Ten. Cel. Av. Luiz Fernando Cabral e o Eng. Walter Bartels, pela passagem dos 40 anos do primeiro voo do EMB-110 Bandeirante de série, realizado por ambos em 09 de agosto de 1972. O Cel. Av. Ozires Silva mediará um bate-papo sobre aviação com os autores e convidados.

Sobre os Autores

Ten. Brig. do Ar Nelson de Souza Taveira, Brasília (DF)

Ingressou na Força Aérea Brasileira em 1956 e diplomou-se em Engenharia Aeronáutica pelo Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA), em 1971, com a menção honrosa Magna Cum Laude.

Realizou o curso de Pilotos de Provas na École du Personnel Navigant d’ Essais et de Réception, EPNER, na França.

Foi professor convidado do ITA e da Escola de Aeronáutica na cadeira de aerodinâmica. Proferiu palestras sobre aerodinâmica e mecânica de voo em diversas organizações.

Chefiou o setor de certificação aeronáutica do Centro Técnico Aeroespacial (CTA) tendo realizado voos de ensaio em vários tipos de aeronaves, militares e civis e aviões de caça e de transporte de potencial interesse da FAB.

Participou da definição dos requisitos para o desenvolvimento da aeronave de treinamento avançado da FAB — o Tucano – e foi designado diretor do mesmo programa, permanecendo na função desde a fase de concepção até o término do desenvolvimento.

Chefiou a delegação brasileira na Itália para o AM-X — programa de desenvolvimento de um caça-bombardeiro de interesse da Força Aérea Brasileira e da Aeronáutica Militar Italiana — e foi membro da comissão diretora do mesmo programa.

Após a privatização da Embraer, fez parte do Conselho de Administração da empresa durante dois anos.

Como oficial general, foi diretor do Centro Técnico Aeroespacial (CTA); ministro chefe interino das Forças Armadas; chefe do Estado-Maior da Defesa, tendo ainda exercido outras variadas funções na alta administração militar.

Livro:

Além dos Manuais – Uma Conversa sobre Segurança de Voo


Cel. Av. Ozires Silva, São José dos Campos (SP)

Engenheiro Aeronáutico pelo ITA participou da equipe do CTA que criou a Embraer, empresa que presidiu por 21 anos.

Foi presidente da Petrobras, da Varig e Ministro de Estado da Infraestrutura.

Doutor Honoris Causapela Queen’s University, de Belfast, Irlanda do Norte. Recebeu condecorações e homenagens no Brasil e no Exterior. Palestrante e autor de dois livros.

Livros:

  • Decolagem de um Grande Sonho
  • Cartas a Jovem Empreendedor
  • Nas Asas da Educação
  • Etanol a Revolução Verde e Amarela


Cel. Av. Aparecido Camazano Alamino, Natal (RN)

Nasceu em 1950 em Catanduva (SP). Ingressou na FAB como aluno da Escola Preparatória de Cadetes da Aeronáutica (EPCAR) em 1969 e formou-se oficial-aviador em dezembro de 1975. Após 34 anos de serviço na FAB passou para a reserva no posto de coronel aviador, com mais de 5.000 horas de voo em 17 tipos diferentes de aeronaves.

Durante sua carreira militar, sempre alimentou grande paixão pela história da FAB. Fez cursos acadêmicos e estudou a história da FAB e de suas unidades aéreas, aviões e heráldica.

A veia de escritor se concretizou quando publicou em 2000, em coautoria com o professor Rudnei Dias da Cunha, o livro EMB-326GB Xavante. Seguiram-se A História do 5º Grupo de Aviação,em 2006, Os Bombardeios Bimotores da FAB, pela C&R Editorial, em 2008, A História do 6º ETA, pela Editora Adler, em 2009, e Gloster Meteor – O Primeiro Jato da FAB,pela C&R Editorial, em 2010.

Recebeu o Prêmio Santos-Dumont de Jornalismo do Instituto Histórico Cultural da Aeronáutica (INCAER) em 2004 e 2005. E em 2007 o Prêmio INCAER de Cultura Aeronáutica.

Livros:

  • EMB-326GB Xavante
  • A História do 5º Grupo de Aviação
  • Os Bombardeiros Bimotores da FAB
  • A História do 6º ETA
  • Gloster Meteor – O Primeiro Jato a FAB


Ten. Cel. Av. Luiz Fernando Cabral, São José dos Campos (SP)

O tenente coronel aviador Luiz Fernando Cabral nasceu em Nova Iguaçu (RJ), em 6 de dezembro de 1930.

Ingressou no Colégio Militar do Rio de Janeiro em 1943 e iniciou carreira na Força Aérea Brasileira (FAB) em 1949, na primeira turma da Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAr), em Barbacena (MG), tendo concluído o Curso de Formação de Oficiais Aviadores na Escola de Aeronáutica (EAer), no Campo dos Afonsos (RJ) em 1954.

Atuou como Piloto de Caça de 1955 a 1963, tendo servido no 5º Grupo de Aviação, em Natal (RN), no 14º Grupo de Aviação, em Porto Alegre (RS), no 1º Grupo de Aviação de Caça, em Santa Cruz (RJ), e no 4º Grupo de Aviação, em Fortaleza (CE).

Em 1964 foi transferido para o Centro Técnico da Aeronáutica (CTA), em São José dos Campos (SP), sendo classificado no Departamento de Aeronaves (PAR) do Instituto de  Pesquisas e Desenvolvimento (IPD), onde teve os primeiros contatos com voos de ensaios em aviões protótipos.

Matriculou-se no Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) em 1965, formando-se como Engenheiro Aeronáutico, na especialidade Aeronaves, em dezembro de 1969.

Frequentou a Aerospace Research Pilot School (ARPS), escola de pilotos de provas da United States Air Force (USAF), na Base Aérea de Edwards, Califórnia, classe 71B, graduando-se como Experimental Test Pilot Engineer em abril de 1972.

Foi Diretor de Operações do Salão Internacional Aeroespacial (SIA), evento comemorativo aos 100 anos do nascimento de Alberto Santos Dumont, realizado em São José dos Campos (SP), em setembro de 1973, através de uma parceria entre o Ministério da Aeronáutica e a Alcântara Machado Comércio e Empreendimentos.

Ainda no CTA, atuou como Piloto de Ensaios, chefiou o Departamento de Aeronaves (PAR) e o Laboratório de Aerodinâmica (PLA). Foi Vice-Diretor Técnico do Instituto de Pesquisas e Desenvolvimento (IPD), tendo exercido simultaneamente as funções de Piloto de Provas em projetos de desenvolvimento e homologação de aeronaves da Embraer.

Passou à reserva da FAB, como tenente coronel, em julho de 1977, ingressando na Embraer, onde atuou como Piloto de Provas Chefe até julho de 1987. Ainda na Embraer, exerceu o cargo de Piloto Chefe de Voos de Aceitação, de julho de 1987 até novembro de 1990, quando deixou a empresa.

Como profissional autônomo, atuou na ESCA, na Air-Brasil, na Aeromot e na Associação das Indústrias Aeroespaciais do Brasil (AIAB) entre 1991 e 1995.

Seu último envolvimento como Piloto de Provas se deu de outubro de 1995 a janeiro de 1996, no Programa KTX-1, do Ministério da Defesa da Coreia do Sul.

Luiz Fernando Cabral foi o segundo piloto de provas brasileiro e seu designativo nos voos de ensaios era Prova 02. Durante sua longa carreira de 44 anos na aviação, voou mais de 70 modelos diferentes de aeronaves e acumulou 8.937 horas de voo.

Livro:

  • No Céu, na Terra e no Mar – Memória de um Piloto de Provas


Roberto Pereira de Andrade, São Paulo (SP)

Jornalista nascido em 11 de novembro de 1940, no Rio de Janeiro. Foi jornalista do Estadão, da Folha e do Jornal do Brasil, no Rio de Janeiro. Trabalhou na criação do Jornal da Tarde e da Revista Veja.

Mudou-se para São Paulo ainda jovem onde se especializou em tecnologia, ciências, defesa e aviação. É o segundo mais antigo jornalista de aviação do Brasil.

Possui vários livros publicados e foi editor de várias publicações aeronáuticas, além de colaborador de várias revistas e anuários de aviação internacionais.

Atualmente é editor do site www.aerobusiness.com.br.

Livros:

  • História da Construção Aeronáutica no Brasil
  • Enciclopédia de Aviões Brasileiros
  • Aircraft Construction, a Brazilian Heritage


Paulo Fernando Kasseb, São Paulo (SP)

Nasceu em São Paulo, capital, em 18 de novembro de 1954. Formado em Comunicação Visual na Faculdade de Artes Plásticas da Fundação Armando Alvares Penteado em 1982.

Como jornalista, atua na área de estudos sobre política e defesa, com ênfase em radiocomunicação e história da aviação. Escreve artigos sobre aviação brasileira e história da radiocomunicação em veículos de comunicação dedicados ao assunto.

Por vários anos foi responsável por exposições sobre História da Aviação Brasileira promovidas pela Infraero no Aeroporto de Congonhas, inclusive a Exposição Oficial relativa ao Cinquentenário do Ministério da Aeronáutica em 1991.

Organizou a Exposição Comemorativa dos 60 anos da Base Aérea de São Paulo no ano de 2001 e exposições “Semana da Asa” no Parque de Material Aeronáutico de São Paulo (PAMA-SP), no Campo de Marte, além da exposição História da Escola Técnica de Aviação, no Memorial da Imigração, em São Paulo.

É membro do Grupo Organizador do Museu do Grupo de Transporte Especial (GTE) da Força Aérea Brasileira.

Foi membro da Comissão Organizadora das comemorações alusivas aos 65 anos da participação do Brasil na Segunda Guerra Mundial – “Dia da Vitória” – realizadas pelo Exército Brasileiro em 08 de maio de 2010 na cidade de Itatiba (SP) e também da Comissão Organizadora da Semana Cultural comemorativa da Base Aérea de São Paulo – 2012.

Possui vasto acervo fotográfico e documental sobre a temática Aviação e Radiocomunicação.

Por sua atividade de pesquisas sobre a história da aviação brasileira recebeu os seguintes reconhecimentos oficiais:

– Membro Honorário da Força Aérea Brasileira – 23/10/1987

– Medalha Mérito Santos Dumont da Força Aérea Brasileira – 31/05/1991

– Diploma Amigo do CPOR/SP – 04/04/1998

– Título de Membro da Ordem do Planalto do Grupo de Transporte Especial da Força Aérea Brasileira – 03/06/1998

– Ordem do Mérito Aeronáutico da Força Aérea Brasileira –  2011

– Radioamador e Diretor Estadual da Liga de Amadores Brasileiros de Radio Emissão – LABRE/SP.

Livro:

  • MIRAGE III na Força Aérea Brasileira


Ricardo Beccari, São Paulo (SP)

O fotógrafo Ricardo Beccari é natural da cidade de São Paulo e desde tenra idade é apaixonado por Fotografia e Aviação.

Becca, como é conhecido pelos amigos, fez sua primeira foto aos nove anos, com uma velha Olympus Trip 35 de seu pai, Comandante Beccari, de quem herdou o amor pela aviação. Aliás, o vírus aerococusestá na família: seu irmão Samuel segue carreira na aviação comercial com o mesmo nome de guerra.

Nada mais natural, portanto, que Ricardo Beccari também quisesse ser aviador. Esse sonho foi concretizado em 1982, quando finalmente obteve seu brevê de piloto privado. Nesse mesmo ano fez sua primeira foto realmente profissional e pouco depois abriu seu próprio negócio.

Considerado um dos mais renomados fotógrafos de aviação do país, Beccari se destaca pela sua especialidade em fotos de aviões em pleno voo, realizando com frequência produções fotográficas dos aviões de renomados fabricantes desse segmento, tais como a Embraer e a norte-americana Cirrus.

Beccari vem cobrindo há anos as viagens e exibições no Brasil e no Exterior do Esquadrão de Demonstração Aérea da Força Aérea Brasileira (EDA), mais conhecido como Esquadrilha da Fumaça, e por seu trabalho foi agraciado com o título de “Fumaça Honorário”.

Por anos Beccari alimentou o sonho de um dia publicar um livro pictórico sobre essa unidade de elite da FAB. Esse sonho foi concretizado agora com Na Trilha da Fumaça, livro lançado na comemoração do 60º aniversário do EDA, ocorrido este ano, e que apresenta uma seleção das mais belas imagens da Esquadrilha da Fumaça captadas pelo autor durante exibições aéreas no Brasil e no Exterior.

Livro:

  • Na Trilha da Fumaça


Mauro Lins de Barros, Rio de Janeiro (RJ)

Fez carreira na Companhia Vale do Rio Doce, tendo participado dos projetos de expansão do complexo portuário de Tubarão, de Carajás e dos grupos de Pesquisa Operacional e Planejamento Estratégico, dentre outros.

Apaixonado por aviação, desde 2000 vem se dedicado ao estudo do desenvolvimento da aeronáutica no Brasil, tendo já publicado quatro livros, todos pela Editora Adler.

 Livros:

  • P-47 Thunderbolt no Brasil, 1945-1957
  • Os Cardeais, 1° Grupo de Aviação Embarcada
  • 4°/7° Grupo de Aviação
  • Xavante, O Guerreiro da FAB


Clarindo dos Santos, Rio de Janeiro (RJ)

Nasceu em 19 de fevereiro de 1936 em Campos (RJ). Ingressou na Força Aérea Brasileira em 1954 e na EPCAR em 1956.

Autor premiado de contos, poesias e livros, dentre eles:

Memória de um BQano, publicado em 1981, retrata o dia a dia de um Cadete de uma Escola Militar (primeiro sobre o assunto assunto até então).

Canavial, publicado em 1983, é um romance que narra histórias de jovens que vivem em uma cidade do interior e sonham com as ilusões de uma cidade grande.

O Rufião, publicado em 1988, romance que descreve a visão de um favelado sobre o “asfalto” através das janelas de um prédio vis-à-viscom seu barraco.

Ágape para Ícaro:a saga de um pioneiro da aeronáutica brasileira, publicado em 2011, biografia de um dos maiores ícones da Força Aérea Brasileira, Tenente Brigadeiro Paulo Victor da Silva.

Parahibinha, conto selecionado pela Revista Jornal da Cultura – 1985.

Vaga na cama vaga… , poesia. Medalha de Ouro outorgada pela Engrenagem da Poesia, 1986.

Diretor Cultural do Sindicato dos Escritores do Rio de Janeiro (SERJ) de 1984 a 1988.

Livros:

  • Memória de um BQano
  • Ágape para Ícaro


Luiz Carlos F. Souza, Curitiba (PR)

Piloto de Avião, Membro Honorário da Força Aérea Brasileira, condecorado com a Medalha do Mérito Santos Dumont.

É Elemento pelo CENIPA, Gestor de Segurança Operacional pela ANAC, com Curso de Busca e Salvamento pela D-SAR, exercendo as funções de Diretor de Segurança de Voo, Diretor de Segurança Operacional, Diretor do Departamento de Aeronaves Clássicas, Professor e Coordenador Geral dos eventos aeronáuticos promovidos pelo Aeroclube do Paraná, em Curitiba (PR).

Possui dezenas de trabalhos publicados sobre aviação em periódicos técnicos e de interesse geral.

Foi Presidente da Federação Paranaense de Aeroclubes, Delegado para a Região Sul da Associação Brasileira de Aeronaves Antigas e Clássicas, tendo exercido também diversas outras funções no setor aeronáutico.

Livro:

  • Esquadrilha da Fumaça, 60 Anos de História


Cláudio Lucchesi, São Paulo (SP)

Formado em Jornalismo pela Universidade de São Paulo (USP), Cláudio Lucchesi especializou-se nos últimos 18 anos no segmento aeroespacial, tendo realizado diversos trabalhos para os mais importantes veículos nacionais e internacionais do segmento.

Em 2001, tornou-se um dos fundadores da C&R Editorial, lançando a revista ASAS, publicação bimestral sobre temas relacionados à cultura e história da aviação.

Lucchesi é autor de vários livros de aviação, tais como: Loucos e Heróis – Fatos e Curiosidades da História da Aviação(com prefácio do Comandante Rolim Adolfo Amaro); Os Projetos Aeronáuticos de Alberto Santos-Dumont(em coautoria com o jornalista João Paulo Moralez);Projeto Demoiselle – Do Sonho ao Voo (coorganizadocom João Paulo Moralez). Em abril de 2007 publicou Kursk, 1943, livro que inaugurou a série “Grandes Batalhas Aéreas”, da C&R Editorial, e em abril de 2009 lançou Stalingrado, 1942, dentro da mesma série.

Devido aos seus trabalhos foi agraciado, entre outras condecorações, com a Medalha Mérito Santos-Dumont (2004) e com a Medalha do Mérito Aeronáutico, Grau de Cavaleiro (2006).

Livros:

  • Loucos e Heróis – Fatos e Curiosidades da História da Aviação
  • Os Projetos Aeronáuticos de Alberto Santos-Dumont (coautor)
  • Projeto Demoiselle – Do Sonho ao Voo (coorganizador)
  • Kursk, 1943
  • Stalingrado, 1942


Francisco Leme Galvão, São José dos Campos (SP)

Piloto e instrutor de planador há 55 anos. Engenheiro aeronáutico e mestre em Aerodinâmica pelo ITA.  Participou dos projetos dos aviões Regente  e T-25 na Neiva, do Brasília, T-27 e EMB-170na Embraer, e de satélites no INPE.

Livro:

  • Vivência Aeronáuticas & Pousos Fora de Pista


Luiz Carlos Miguez Urbano, São José dos Campos (SP)

 Formado em Engenharia Aeronáutica pelo ITA na turma de 1966, piloto de aeronaves  com mais de 15.600 horas de voo.

Trabalhou sete anos na Neiva, 18 na Embraer e nove na Tirreno. É comandante de um jato executivo Dassault Falcon 2000 da Quest Trading desde 2009.

Construiu uma aeronave experimental na qual cruzou o Atlântico Sul por duas vezes.

Livro:

  • 2027

16/05/2017 in História, Notícias, Palestras, sem categoria

Painel debate pilares do desenvolvimento aeronáutico

O avião sofreu diversas transformações tecnológicas desde sua invenção no início do século 20, mas poucos sabem como se dá o desenvolvimento aeronáutico e qual a sua importância para o…
Read More
29/06/2016 in História

I Encontro de Autores de Livros sobre Aviação

Participaram do encontro os seguintes autores: Ten. Brig. do Ar Nelson de Souza Taveira, Cel. Av. Ozires Silva, Cel. Av. Aparecido Camazano Alamino, Ten. Cel. Av. Luiz Fernando Cabral, Roberto…
Read More
07/06/2017 in sem categoria

Mesa-redonda: Produção e comercialização de livros no Brasil – 2 de junho de 2017

MESA-REDONDA: PRODUÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO DE LIVROS NO BRASIL MEDIADOR: CLAUDIUS D'ARTAGNAN C. BARROS PAINELISTAS OZIRES SILVA: nasceu em Bauru, 8 de janeiro de 1931. É coronel da aeronáutica e engenheiro…
Read More
12/02/2018 in Notícias

VI Encontro da Cultura Aeroespacial acontece neste sábado, em São José, com venda e lançamento de livros sobre aviação

Evento acontece junto com o Portões Abertos DCTA 2018, com shows aéreos e exposição de aeronaves   Visitantes circulam por estandes de livros do V Encontro de Escritores e Jornalistas de…
Read More